Ylana embarca na jornada existencial de ‘Janga’, álbum gerado por memórias litorâneas da infância em Pernambuco

  • 08/07/2024

Ylana lança o terceiro álbum, ‘Janga’, na sexta-feira, 12 de julho, com nove músicas autorais entre as dez faixas do disco produzido por Yuri Queiroga Divulgação ♪ Cantora, compositora e atriz pernambucana, Ylana Queiroga cresceu em Janga, bairro litorâneo do norte do estado de Pernambuco. Um dos berços da ciranda, o bairro está situado em Paulista (PE), cidade integrante da região metropolitana do Recife (PE). É por isso que a artista batizou o terceiro álbum de Janga, pois o disco – programado para a próxima sexta-feira, 12 de julho – se nutre de memórias litorâneas da infância de Ylana, nome adotado pela artista, filha da cantora Nena Queiroga e irmã do compositor, multi-instrumentista e produtor musical Yuri Queiroga. Janga também significa “pequena embarcação” e, na simbologia própria da artista, janga também pode representar o corpo humano, barco que conduz a artista na jornada existencial retratada no álbum mixado e masterizado por Antoine Midani. Sob direção musical de Yuri Queiroga, Ylana dá voz a dez músicas em Janga. Nove são autorais. A exceção é Onira mãe rainha, composta somente por Yuri Queiroga para a irmã. Entre parcerias com Manuca Bandini (Grão de mundo inteiro), Chico Tchê (baixista e marido da artista – coautor de Debaixo), Flaira Ferro (Germinar, música ouvida no álbum Janga em arranjo distinto da gravação original apresentada em 2019 em disco de Flaira) e o próprio Yuri Queiroga (Brinquedo de mão e Grito nobre, composição também assinada por Héloa), Ylana faz dueto com Isaar em Voinha e regrava Somos ondas, música lançada em single em 2020, ano da pandemia de covid-19 e do isolamento que desencadeou o processo de criação do disco. Flecha e Verso e avesso completam o repertório de Janga, álbum que sucede Ylana (2013) e Vento (2017) na discografia da artista. Capa do álbum ‘Janga’, de Ylana Divulgação

FONTE: https://g1.globo.com/pop-arte/musica/blog/mauro-ferreira/post/2024/07/08/ylana-embarca-na-jornada-existencial-de-janga-album-gerado-por-memorias-litoraneas-da-infancia-em-pernambuco.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Anunciantes